terça-feira, 15 de dezembro de 2009





Linda estréia! Lenine foi um cavalheiro e um generoso dj. E foi um imenso prazer recebê-lo.
Alem da alegria que foi conhecer seu cafôfo, com a estante mais deliciosa e bem arrumada de cds que já vi em minha vida.
Agradeço a ele pro resto da vida. Um artista que admiro profundamente.
O Bailinho é uma festa múltipla, mudamos de musicas, local, djs convidados, decoração, projeções e o que mais quisermos a toda hora. Não pretendo bombar a pista com o ultimo hit da jovem pan. A idéia sempre foi e sempre será o inusitado, inesperado e isso é nossa matéria prima. Nem sempre se agrada a gregos e troianos, mesmo sendo e posso apostar, a festa mais variada que há por aí.
Quanto aos banheiros, pedimos deculpas, foi o calcanhar de Aquíles dessa primeira festa do verão. Mas já estamos vendo isso. Prioridade! Fiquem tranquilos.
Frizo, o Bailinho é uma mistura de misturas. Ele é de todos. Não tocamos pra ninguem específico. Tocamos com o que achamos do mundo. Entendo que um dia vc pode curtir mais que outro, mas não esperem pirulitos a noite inteira, nem o convidado tocar exatamente aquilo que vc precisava ouvir pra sentir coisas. Ele toca o que quiser, essa é a idéia. Espero um dia ouvir Mozart e ver girar uma valsa no salão.
Nunca tive tanta certeza do que fazemos com esta festa. E poder mudar de idéia é um dom humano, dever e direito de cada. Nossa essência é a mesma e assim será enquanto houver farra entre os dentes.
Somos o Bailinho e não o papai Noel.
E se vc não curtiu, tente de novo ou então não volte. Há sol e lua pra todo mundo.
Pode apostar, muitas surpresas nos aguardam e sabemos o que temos pra melhorar.
Agradeço aos que trouxeram Graça pra nossa estréia. É pra eles, vcs, que tocamos.
Desejo mais amor pro mundo, mais respeito pros seres humanos e mais suingue pros malas.

Até domingo!!

8 comentários:

Anônimo disse...

Rodrigo,
Ou esse pessoal bebeu pouco ou eu bebi demais rsrs
Me amarrei no Bailinho, como sempre.
Teve o lance do banheiro mas não sofri tanto assim.
E falaram em 0 x 0, sem interação? Isso é falta de competência e de querer ficar no seu casulo só reclamando.
Saí lá pelas 3h30 e tinha que acordar às 5h30 pra pegar meu vôo.
E digo...VALEU A PENA!
Nesse finde vou no de Sampa no sábado.
Abs e até lá!

Anônimo disse...

E concordo...mais respeito com o Lenine...boa ideia a de trocar de roupa com alguém do lado... hahaha
Abração

RAFAEL KHALID disse...

CONCORDO COM O TEOR ESCRITO,E PELO QUE VI NO VIDEO E FOTOS.ELAS REVELAM POR SI SÓ O CLIMA DO BAILINHO.

"Um imbecil pode, por si só, levantar dez vezes mais problemas que dez sábios juntos não conseguiriam resolver."

Vladimir Lénine

Anônimo disse...

Realmente tenho que concordar com o "perrenguinho" do banheiro, mas peloamordeDeus, tenhamos mais educação gente! Vamos cruzar as pernas, dar pulinhos e mentalizar forte e nao sair berrando, isso nada adianta. Adoro os Bailinhos. Qto ao 0x0 ... meus queridos faz "micareta" quem quer e onde quer, nada contra, nem a favor rsrsrs. Apenas estou no lado do muro daquelas que preferem uma ótima qualidade a uma tanta quantidade, kkkk. Nada contra quem prefira a quantidade hein, rsrsrsr. Respeito a decisão de todos! :)

Anônimo disse...

é, o único problema foi o banheiro, principalmente o feminino...embora o masculino tambem possa melhorar.

Mas o próximo deve estar mais cheio, talvez mais uma opçao de bar seja bem vinda...de repente uns "carrinhos"como teve naquele primeiro do vivo rio..

o resto foi perfeito
parabens de novo

Anônimo disse...

Cara, estava show. Há razão nos q dizem q em alguns momentos o nível de animação caiu por causa do som. O intuito é se divertir, dançar, brincar. Com música xoxa, dificulta. Contudo, em 70% da festa, a música era bem agradável/zoável. Sem filas nos banheiros e mais animação no domingo. ...abraços

Paola Reis disse...

E eu aqui em Brasília, em meio a Arruda, panetones e meias, babando pelas fotos lindas e coloridas... me imaginando no meio dessa energia...
Não fui, mas posso deixar meus parabéns. PARABÉNS!!

Aguardo ansiosamente pelo retorno de vocês ao DF.

Um abraço,
=*

Anônimo disse...

GENTEE!!
bailinho é uma festa à parte, não existe nada igual, é p pessoas que são abertas, que tem energia boa, que não vai la esperando pegar geral e sim encontrar uma galera maneirissima que quer dançar até o pé nao aguentar mais, que quer RIR, Que não quer escultar aquelas batidas insuportaveis... p mim é a MELHOR E ÚNICA night que vale a pena,e qlquer defeito fica pequeno e irrelevante perto do quanto eu me divirto!! desejo sucesso sempre e em quanto houver bailinho estarei la...hehehehe